scripts here -->

No próximo dia 18/10, terça-feira, será realizada na UERJ a segunda Plenária em Defesa do SUS. A Plenária será iniciada com uma análise de conjuntura sobre o ajuste fiscal promovido pelo Governo Federal e seu impacto nas políticas públicas, em especial nas áreas sociais, e em relação aos direitos dos trabalhadores.

ii-plenaria-em-defesa-do-sus-18_10_uerj

 

 

A análise de conjuntura será feita pelas professoras e pesquisadoras Juliana Fiuza e Virgínia Fontes e é uma continuidade do primeiro evento, realizado no dia 13 de setembro.

Organizado pelo Fórum de Saúde do Rio de Janeiro, o evento foi uma oportunidade de articulação de entidades e movimentos para discutirem sobre a situação da Saúde no Brasil frente às medidas anunciadas pelo Governo Federal e pelo Ministério da Saúde para o setor, incluindo as propostas de emenda constitucional que definem um teto máximo de gastos públicos e a criação de um “plano de saúde popular ou acessível”.

A Plenária reuniu representantes de diversas entidades e movimentos no Salão Nobre do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro – IFCS/UFRJ, tradicional espaço de discussões sobre o sistema de saúde e de organização de diversos movimentos sociais.

 

plenaria-02set-tamanho-a4-com-meio-cm-de-borda

plenaria-4

plenaria-7

 

 

 

 

 

plenaria-2plenaria-9

 

 

 

 

 

O evento também foi divulgado no blog da Frente Contra a Privatização da Saúde e da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da FIOCRUZ:

http://www.contraprivatizacao.com.br/2016/09/1063.html

http://www.epsjv.fiocruz.br/noticias/reportagem/luta-pelo-sus-ganha-novas-forcas

 

A realização desta primeira Plenária foi deliberada na reunião do Fórum de Saúde realizada no dia 26/07 na ANS, a convite da ASSETANS. As discussões remetem ao papel do Estado no setor saúde, frente às propostas de privatização e, como entidade integrante do Fórum, a ASSETANS tem levado em todos esses momentos a discussão sobre a regulação do setor suplementar e o papel da ANS. A Associação esteve presente ao evento, distribuindo seu Manifesto aos participantes:

MANIFESTO DA ASSETANS – SAÚDE COMO DIREITO DE TODOS E DEVER DO ESTADO

Foram abordadas outras questões sobre o setor suplementar de saúde já tratadas pela ASSETANS, como o ressarcimento ao SUS.

Ressarcimento ao SUS – dúvidas a partir da “nova proposta” do governo

Nossa participação nestes eventos permite levar a um maior número de pessoas e entidades de diferentes segmentos as informações sobre o setor suplementar de saúde, colaborando para o aprofundamento das discussões e disseminando o conhecimento sobre a atuação da ANS, a partir da visão dos servidores. Com isso, é possível propor uma discussão mais abrangente do setor e da relação público x privado na saúde.

O grande desafio hoje colocado para a ASSETANS é o de aprofundar as discussões internas junto aos servidores e trabalhadores da ANS e incentivar sua participação nestes eventos, inclusive com a divulgação dos diversos trabalhos já produzidos pelo corpo funcional da Agência, que podem colaborar para o aprimoramento do debate com as entidades e movimentos que compõem estes espaços coletivos. As atividades são divulgadas nos espaços de comunicação das entidades participantes, tanto em seus sites quanto no facebook e são abertas a todos os interessados.

Acompanhe e participe!

 

 

 

 


Cleber Ferreira

Tudo certo. Quando se ama.

0 comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.